12/08/2016

TAG: 15 COISAS LEGAIS QUE ACONTECERAM EM 2016


Caramba, faz quase 1 ano desde que respondi a esta TAG pela última vez! Nem tudo foi flores em 2016, foi um ano de perdas, mas também de aprendizado e recomeços. Eu poderia escrever um livro sobre as crises, os tombos e cada vez que consegui levantar e sacudir a poeira dos joelhos, ô se poderia!

Pegando o embalo do último post sobre gratidão, inicio este aqui. Como diria João Bertoni: "só agradece".  Quero dividir contigo apenas coisas incríveis que 2016 me proporcionou.

1. Ilustrei o compacto "Hope & Sorrow", para o cantor inglês Wilder Adkins. Você pode ouvir  o clicando aqui

2. Descobri que amo fazer exercícios físicos. Na época do colégio, eu detestava qualquer tipo de atividade física, principalmente quando a professora levava a turma para a quadra. Hoje, faço quatro vezes por semana e me pergunto a razão de não ter começado há uns cinco anos atrás. Além de ser relaxante, sinto prazer em cuidar melhor da minha saúde. 

3. Ilustrei dois volumes de livros para a Editora Abril. Eles me autorizaram falar mais sobre isso só em 2017, então, sigilo total no recinto.

4. Ilustrei cards promocionais para o lançamento, no Brasil, do livro "A Coroa" (The Crown), da  escritora Kiera Cass, pela Editora Companhia das Letras. Estou me sentindo meio internacional, oh baby! Ainda não subi o projeto para o meu portfólio por conta da correria que foi/está sendo 2016.

5. Ilustrei "O Livro dos Cachos", da  escritora Sabrinah Giampá, também pela Editora Companhia das Letras. Estou esperando o meu exemplar chegar para tirar fotinhos e dividir os detalhes com vocês. Clicando aqui dá para ter um gostinho.

6. Fui entrevistada pelo Instagram Brasil. Menino, que coisa mais inesperada! Isso é ou não é motivo para ficar animada?! Eu jamais imaginei que tal coisa poderia me ocorrer, então, acredito que não é pecado me sentir orgulhosa por essa conquista, que aliás, também devo a cada pessoa que me acompanha por lá e me enche de carinho e incentivo. Ah, me fizeram milhões de perguntas, mas selecionaram apenas algumas das respostas e postaram em formato de texto, achei uma graça da parte deles. Leia aqui.

7. Li os melhores livros que poderia ler. Bem no topo da lista estão "O Poder do Hábito", do Charles Duhigg (posso dizer, com todas as letrinhas, que essa leitura mudou a minha vida) e "A Jornada Criativa", do Henrique Lira (download do e-book aqui). Li vários outros títulos, mas quero deixar só estes dois aqui como uma sugestão para você, pois eles valem por dez!

8. Me formei em Pedagogia. Ê! Após cinco anos de sentimentos intensos, fobia de apresentação de seminário (estamos em pleno 2016 e ainda solicitam seminários, arg!), subir e descer muita ladeira, de ficar apaixonada pelos adolescentes da Educação Especial e ouvir muitas crianças falarem "chuculati", sou oficialmente uma pedagoga. Devo citar um aluno fofo, em especial, que me chama de "Molena" até hoje, ai meu ♥!

9. Parei de consumir manteiga. Faz seis meses desde que dei um basta nisso, ô liberdade! 

10. Adotei "gratidão" como a minha palavra favorita. Falei bastante sobre isso neste post.

11. Assisti muitos filmes, comparado aos anos anteriores.

12. Tive muitos momentos de "serendipity" e me sinto abençoada por cada um deles.

13. Comecei a fazer pintura digital. Quem me segue no Instagram já viu vários dos meus estudos.

14. Conheci várias músicas incríveis, graças ao bom e velho 8tracks e o famigerado Spotify. E também criei várias playlists que você pode ouvir aqui.

15. Dancei pra caramba! Dança faz parte dos meus exercícios físicos. Não levo muito jeito para a coisa, mas é divertido. Pareço a Mia Thermopolis com o seu icônico passinho. :-P

Além dessas coisas, nesses doze meses recebi apoio de pessoas incríveis. Não posso citar todo mundo aqui, pois acabaria esquecendo o nome de alguém e isso me parece injusto. De todo modo, tenho por elas um apreço imenso e sou grata, todos os dias, por tê-las na minha vida, seja perto ou longe. O amor nos une. 

Sinta-se convidado(a) para responder a esta tag no seu blog, vou amar ler. Por mais que o ano tenha sido meio difícil, quando paramos para listar coisas legais que aconteceram e nossas pequenas vitórias, estamos exercitando um exercício de gratidão e isso faz bem.


Malena Flores

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Temporada das Flores
Maira Gall