5/14/2015

SILÊNCIO CRESCENTE


A mensagem que levamos através dos nossos atos, palavras e pensamentos são sementes. Inicialmente, pequenas, escondidas, ninguém consegue ver. À medida que o tempo for passando e nosso modo de viver for sendo condizente com o que expressamos, o processo de germinação vai acontecendo, mas acontece em segredo.

Muitas pessoas tentam, ao longo da jornada, abafar o nosso potencial ou nos privar de receber calor da luz. Não podemos desistir do nossos grãos. Em meio a qualquer aflição, temos que desabrochar. Sempre haverá alguém que tire uma ou duas pétalas ali ou aqui, vai doer, haverá choro e lamento. Mas, nunca podemos esquecer de crescer. Seremos conhecidos pelos nossos frutos. Não adianta dizermos que somos um pé de pêssego se produzirmos uvas. As pessoas notarão a essência. Não desista de produzir bons frutos, de manter-se sadio e não ser contaminado pelo que aparenta ser bom, sem ser. Há uma porção de ervas-daninhas por aí… 

Se doer, não se preocupe, você está ficando forte para, finalmente, enfeitar o caminho. É como dizem por aí: “semente cresce em silêncio”. Você é a semente que desejar ser. Acredite no que for correto, não no que for mais fácil. Há uma variedade de flores por aí, jardim bonito é jardim sortido. Deus não criou uma espécie só de flor.

Medite em Hebreus 6:10.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Temporada das Flores
Maira Gall