11/18/2014

FERIDAS


Desde quando eu era criança, na transição da Primavera e Verão, apareciam algumas manchas avermelhadas em mim que coçavam bastante. Há alguns dias atrás, essas mesmas manchinhas apareceram. É necessário não “abafar” e - o mais importante - não coçar (o que é quase impossível).

Todos nós temos feridas que coçam muito. É preciso cuidar. Talvez você tenha cometido um erro no passado que insiste em te fazer refém dele, te algema e arranca às forças a sua liberdade de viver o presente. “Será que Deus vai me perdoar? Mas eu fiz algo tão errado... Acho que sou indigno do perdão dEle”. Chegou a hora de entrar em cena. Você finge ser o que não mais é para si mesmo e para as circunstâncias ao seu redor. Ninguém está vendo, uma coçadinha de leve aqui e ali. Você pensa: “Não vai fazer mal, né?!”.

Davi cometeu graves pecados, ele teve consciência dos seus (maus) atos. O passado dele não foi tão certinho, ele era humano. Correu, deslizou, caiu e se machucou. O tombo foi muito feio! Porém, em determinado momento, Davi arrependeu-se verdadeiramente e não quis esconder do Criador o que havia feito, mas simplesmente contou tudo, implorou perdão, prostrou-se. Reconheceu que era pó. Buscou a cura na fonte, não insistiu em coçar. 

“Enquanto não confessei o meu pecado, eu me cansava, chorando o dia inteiro. Então eu Te confessei o meu pecado e não escondi a minha maldade. Resolvi confessar tudo a Ti, e Tu perdoaste todos os meus pecados.” Salmo 32: 3 e 5, Nova Tradução na Linguagem de Hoje.

Não permita que o seu passado, erros e pequenezas o torne escravo, inerte, cego e mudo. Não importa o que você fez, Deus esquece e perdoa, ao passo que houver arrependimento e reconhecimento genuínos. Ele não volta atrás ou abre a caixinha do seu passado para reler as notas amassadas. Sabe qual é  motivo dEle não fazer isso? A caixinha não existe mais. Ele esqueceu, sumiu, apagou. É como uma ferida aberta: se você cuidar e tratar, irá cicatrizar.

"Sou Eu, Eu mesmo, Aquele que apaga suas transgressões, por amor de Mim, e que não se lembra mais de seus pecados.." Isaías 43: 25, Nova Versão Internacional.

Renda-se ao perdão gratuito do Criador e não volte atrás. Foque no que está ao alcance dos olhos: hoje, agora. Em Cristo, é possível encontrar a liberdade que te embala, envolve, preenche e o torna digno. (Leia Gálatas 5:1) Um dia, Ele levou sobre Si, de uma vez por todas, todas as suas feridas. (Isaías 53) “Para você se curar é preciso parar de querer...” 

Deixe cicatrizar. Pare de coçar. Liberte-se. Concentre-se naquilo que você pode ser, não naquilo que um dia foi. Deus têm preparado grandes coisas para você. Colabore.

Goodie - Baixe o CD "Simplicidade", do De um filho, De um cego, clicando aqui e ouça a faixa número 3, "Preciso parar de querer", que foi a inspiração para este post nascer.


Nenhum comentário

Postar um comentário

© Temporada das Flores
Maira Gall