SLIDER

PAZ, LAMPARINAS E AZEITE

PAZ, LAMPARINAS E AZEITE

31.10.14



De acordo com as profecias bíblicas preditas para os últimos tempos 99% já foram cumpridas, nos restando apenas uma:  “O dia de Jeová vem exatamente como ladrão, de noite. Quando estiverem dizendo: ‘Paz e segurança!’ então lhes há de sobrevir instantaneamente a repentina destruição, assim como as dores de aflição vêm sobre a mulher grávida, e de modo algum escaparão.” (1 Tessalonicenses 5:1-3). Imagine que uma pessoa de alto nome da sociedade lhe enderece um convite desejando passar um dia na sua companhia, seria uma honra e tanto, não é mesmo? Na euforia, você acaba esquecendo o horário e se atrasa durante 40 minutos para chegar no local combinado. Durante o período em que você se desloca de casa para dirigir-se ao lugar, aquela grande celebridade chega e não o encontra. Levando em consideração que não pode mais esperar por você, ela convida outra pessoa e segue o rumo. Após alguns minutos você chega e nota que não há mais ninguém ali. Como se sentiria? 

Em Mateus 25:1-13, de modo similar, Jesus contou a Parábola das Dez Moças que estavam à espera do noivo. Cinco estavam preparadas, as outras não. 

"Jesus disse: — Naquele dia o Reino do Céu será como dez moças que pegaram as suas lamparinas e saíram para se encontrar com o noivo. Cinco eram sem juízo, e cinco eram ajuizadas. As moças sem juízo pegaram as suas lamparinas, mas não levaram óleo de reserva. As ajuizadas levaram vasilhas com óleo para as suas lamparinas. Como o noivo estava demorando, as dez moças começaram a cochilar e pegaram no sono.
— À meia-noite se ouviu este grito: “O noivo está chegando! Venham se encontrar com ele!”
— Então as dez moças acordaram e acenderam as suas lamparinas. Aí as moças sem juízo disseram às outras: “Deem um pouco de óleo para nós, pois as nossas lamparinas estão se apagando.”
— “De jeito nenhum”, responderam as moças ajuizadas. “O óleo que nós temos não dá para nós e para vocês. Se vocês querem óleo, vão comprar!”
— Então as moças sem juízo saíram para comprar óleo, e, enquanto estavam fora, o noivo chegou. As cinco moças que estavam com as lamparinas prontas entraram com ele para a festa do casamento, e a porta foi trancada.
— Mais tarde as outras chegaram e começaram a gritar: “Senhor, senhor, nos deixe entrar!”
— O noivo respondeu: “Eu afirmo a vocês que isto é verdade: Eu não sei quem são vocês!”
E Jesus terminou, dizendo:— Portanto, fiquem vigiando porque vocês não sabem qual será o dia e a hora."
(Nova Tradução na Linguagem de Hoje)

Neste sentido, o que significa, então, a palavra "vigiar"? Significa manter-se com os olhos fixos em Jeová Deus, obedecer os Seus Mandamentos e afastar-se de tudo aquilo que pode contaminar a nossa fé. Vale ressaltar também que os servos fiéis, nos últimos dias, estarão dispostos a anunciar o Reino com urgência.

E você, em qual dos dois grupos das dez moças se encaixa neste momento? Entre as cinco que não levaram azeite de reserva ou em meio às ajuizadas? Chegou o momento de refletir (e agir), pois não sabemos o dia e a hora, porém, o "tic-tac" do relógio nos indica que logo será. Muito em breve Jesus julgará o governo corrupto de Satanás e trará justiça para a Terra através do Reino de Deus. 

Examine: Tiago 2:26, 4:8; 1 João 4:8-11; 1 Tessalonicenses 5:17.

BOLHAS DE CHICLETES

BOLHAS DE CHICLETES

27.10.14


Fazer parte de determinado grupo é algo altamente comum na sociedade em que vivemos. Na maioria das vezes, nos enturmamos com pessoas que tenham gostos, idade, habilidades, costumes e estilos similares aos nossos. Fazemos um circulo e incluímos nele todos aqueles que tenham algo em comum conosco. Isso não é errado até certo ponto, mas qual?

Quando penso em Jesus e leio os relatos precisos que a Bíblia revela chego à conclusão que Ele não era seletivo com quem Se relacionava. Certa vez, Jesus estava caminhando e avistou um cobrador de impostos, chamado Levi, sentado onde as coletas eram pagas. Naquele instante, Jesus o convidou para segui-lO. Levi levantou, deixou tudo para trás, seguiu o Mestre e ofereceu-Lhe uma grande festa em sua casa. Naquele tempo, este tipo de comportamento era visto como algo desprezível e desonroso para os fariseus e mestres da Lei.
UMA SEMENTE CHAMADA POTENCIAL

UMA SEMENTE CHAMADA POTENCIAL

25.10.14


"Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da Sua glória" Isaías 61:3

Existe um desejo no coração de Deus o Pai, que é o de nos fazer viver todo o potencial que Ele sonhou e plantou em nós. Ao olharmos para uma pequena semente, muitos de nós não temos noção do grande potencial que aquela semente carrega. Se essa semente encontrar um ambiente propício para crescer, certamente com o passar do tempo ela se tornará numa bela e frondosa árvore.

Quando pensamos em potencial, estamos falando de tudo que você pode ser, mas ainda não se tornou, tudo que você pode fazer sem ainda ter feito, o que pode alcançar sem ainda ter alcançado, o que pode realizar sem ainda ter realizado, ou seja, uma habilidade ainda não expressada. O texto acima citado nos diz isso... "Eles serão chamados carvalho de justiça..."

Você sabia que carvalho é uma grande árvore frondosa e que chega a viver de 500 a 1000 anos, e que desta árvore tudo se aproveita? Que é uma madeira muito resistente e que desta madeira pode se fazer desde pequenos móveis até grandes navios? Pois é, exatamente a esta árvore que o Senhor te compara, porque Ele sabe que existe em você uma semente de potencial, para crescer, resistir e ser útil. O texto continua dizendo: “plantio do Senhor para manifestação da Sua glória”.

Mas existe um segredo para que esta semente cresça e revele todo o seu potencial. O salmista nos revela este segredo:

"Como é feliz aquele que não segue o conselho dos ímpios, não imita a conduta dos pecadores, nem se assenta na roda dos zombadores! Ao contrário, sua satisfação está na lei do Senhor, e nessa lei medita dia e noite. É como árvore plantada à beira de águas correntes: Dá fruto no tempo certo e suas folhas não murcham. Tudo o que ele faz prospera! Não é o caso dos ímpios! São como palha que o vento leva. Por isso os ímpios não resistirão no julgamento, nem os pecadores na comunidade dos justos. Pois O Senhor aprova o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios leva à destruição!" Salmos 1:1-6, Nova Versão Internacional (NVI).

“É tempo de crer que o que você vê não é tudo que existe. Há algo mais e Deus quer despertar isso em Ti!”

Confissão: “Tendo por certo isto mesmo, que Aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus.” Filipenses 1:6, Almeida Revisada Imprensa Bíblica. 

Por Ricardo Santana
Ilustração: Penelope Dullaghan
5X5: @GUICLHERME

5X5: @GUICLHERME

22.10.14





Guilherme Martins é estudante de Direito, tem 19 anos e mora no sul do estado de Santa Catarina. Criou um perfil no Instagram e, desde que descobri, fiz ninho por lá. É praticamente impossível ir até o IG dele e curtir apenas uma foto, sempre curto mais do que posso. Gosto da sensibilidade com que o Gui cria as imagens através das sutilezas do dia a dia, são grandiosidades registradas em clicks do celular (que por sinal não é nenhum iPhone) e carregadas de significados, isso faz toda diferença. Confesso que senti bastante dificuldade em selecionar apenas cinco fotos para fazer parte deste pequeno compilado, todas são incríveis e, por isso, tive que recorrer ao Guilherme para que ele me ajudasse nesta missão (a atenciosidade e gentileza são outras características dele das quais aprecio muito).






É  necessário possuir um olhar aguçado para as os detalhes, através das minucias conseguimos enxergar singularidades que, até então, passavam desapercebidas. Espero que o Gui continue fazendo bem para os nossos olhos e compartilhando cada vez mais, nesta mesma essência, registros particulares que são transbordantes de leveza.
+ Sigam o Guilherme Martins no Instagram.

MODO REPEAT

MODO REPEAT

18.10.14



Fico muito feliz quando conheço alguma banda nova que possui uma peculiaridade que marca. Me sinto como alguém que descobre uma mina de ouro (o que parece ser até um exagero, mas como nunca descobri minas, suponho que o sentimento seja parecido, há controvérsias). A minha felicidade torna-se ainda maior ao "degustar" cada nota e verso, isso faz toda diferença. Para hoje, trouxe quatro canções que tornaram-se favoritas e que não saem mais do modo repeat.

STRAY

14.10.14


Costumo ouvir músicas todos os dias. Gosto de anotar o nome daquelas que chamam a minha atenção para ouvir novamente ou até mesmo para compartilhar na fanpage. Faz tempo que venho ouvindo "Stray" do The Assemblie, ela está inclusa na playlist "Calming Christian" do Spotify. Gosto do conjunto desta canção, desde a forma com que as vozes se encaixam suavemente até a profundidade da letra. Ela fala sobre a nossa condição diante de Cristo: somos tão pequenos, sujos e indignos de quaisquer atos de misericórdia Divina e, em meio a nossa bagunça interior, Jesus vem e consegue trazer de volta inocência e beleza. 


“Tu me viste em meu pior momento / Quando eu pensava que toda a minha esperança estava perdida / Tu tinhas visto o melhor de mim / E ainda que eu tenha caído / Tu vês o valor que há em mim / Nunca entenderei / Estou tão agradecido que as novas misericórdias sobem como o Sol da manhã / Estou tão agradecido por Tu nunca ter desistido de mim / Por favor, aproxime-Se / Tu sabes que o meu coração tende a desviar / Mistério de todos os mistérios / O que fizeste em meu coração / Uma vez manchado pelo pecado e vergonha / Tu restauraste a inocência / Por que eu tenho esta segunda chance? / Nunca saberei / Tu deves ser maior e eu devo ser menor / Tu podes tomar esta bagunça e torna-la bonita, torna-la nova / Que esta seja a minha encruzilhada / Onde a fé e a ação se encontrem / Onde olhando para o passado provarei que Tu És fiel a Deus / E se eu aprendi uma coisa / É que Tu És bom / Sim, Tu És bom...” (Tradução livre)

Entre as inúmeras mensagens que "Stray" consegue transmitir, quero sinalizar apenas uma que nos diz que não importa o tamanho do pecado que já cometemos, sempre teremos uma segunda chance. Deus não fica lembrando do que já fizemos de errado, se nos arrependermos verdadeiramente, Ele nos perdoará e apagará tudo. Isso é amor. (Isaías 43:25) Não merecemos tamanha compaixão e jamais entenderemos a profundidade do quão somos especiais e importantes para Ele. Apesar de tudo, Jeová não desistiu de cumprir o Seu propósito em relação a Terra e a humanidade. (Isaías 46:9-11; 55:11) Como bom pastor, Jesus busca as ovelhas que acabaram, por alguma razão, desviando dos Seus passos. (João 10:1-21) 

"Todos nós éramos como ovelhas que se haviam perdido; cada um de nós seguia o seu próprio caminho." Isaías 53:6, Nova Tradução na Linguagem de Hoje.

O mínimo que podemos fazer é corresponder tudo isso da forma mais pura e intensa possível. E no final, é simples: seja verdadeiro consigo mesmo. Tente não pintar as paredes de fora se a casa estiver suja por dentro. Tire o pó, sacuda o tapete. Às vezes ácaros ficam escondidos em lugares que você sequer notou. Coloque as roupas no varal para tomar banho de sol, isso evitará espirros. A verdade é uma só, você sabe disso.

*

Ps¹.: Fiz esta ilustração em momento de caos, desejei transferir a bagunça que havia em minha mente para o meu bloco de notas (depois acabei rasgando a folha, nada estava me agradando). Quando tudo passou, pude perceber que, de alguma forma, havia beleza ali.

Ps².: Uma curiosidade sobre o vídeo: ele foi gravado em um corredor (o Kris, Lane e Jeremy acharam que a sonoridade que o ambiente oferecia era muito boa) usando apenas um iPhone. 

CIGARRAS, FOGUEIRA E ESTRELAS

CIGARRAS, FOGUEIRA E ESTRELAS

10.10.14


No auge dos meus 8 anos (não tenho certeza se eram 8 ou mais, ou menos, talvez) fui passar as férias com meus avós e minha tia na roça. Sem energia elétrica, fogão à lenha, casa simples e banho só se fosse de rio com direito ao canto das cigarras e sapos. Dormíamos às 9hs da noite e acordávamos bem cedinho. Uma das imagens mais gostosas que tenho desses dias é de uma noite com pontinhos brilhando no céu. Sentamos do lado de fora da casa, vovô acendeu uma fogueira, proseamos e rimos de muitas coisas.

Silenciei, apenas fixei meus olhos naquela imensidão que estava acima da minha cabeça. Com ausência das luzes, as únicas coisas que conseguia enxergar eram as chamas da fogueira que pareciam tocar as nuvens e, bem lá no alto, um mar de estrelas.  Uma, duas, três, bilhões, trilhões [...]. Por mais que eu desejasse contar, não conseguira. A matemática é inútil quando o assunto trata-se de corpos celestes. (Isaías 51:6) Deus é infinito. Fiquei totalmente admirada.

“Ele está contando o número das estrelas; a todas elas chama pelos seus nomes.” — Salmo 147:4.

Quando, por algum motivo, falta energia elétrica aqui na cidade, saio correndo para a varanda daqui de casa para ver, pelo menos durante uns dois minutos, o espetáculo que se faz lá no alto. Eu amo a Lua, amo o pôr do Sol, o movimento das nuvens... Gosto dessa coisa toda do céu. Paro no meio da rua para ficar olhando o que está acontecendo lá em cima e não me importo se pareço estranha fazendo isso. Ontem, voltando do Hospital, avistei algo tão sublime que, por mais que eu tente descrever, não conseguirei transmitir para vocês com exatidão a proporção daquilo tudo. Por detrás das altas árvores, do outro lado da cidade, o céu estava azul “fosco”. A Lua (umas 5 vezes maior que o normal) estava totalmente dourada (bem dourada mesmo) subindo devagarzinho, como se não quisesse aproveitar cada segundo. Queria que os meus olhos fossem uma máquina de fotografar, na qual eu apenas precisasse piscar os olhos e ela registraria o momento, aquela imagem.

Não sei por que estou escrevendo isso, não tenho certeza se no fim deste post vocês irão absorver algo bom e positivo. Apenas desejei compartilhar esse pequeno retalho que é tão precioso para mim. Vejo como Jeová é cuidadoso e detalhista. Apesar de estar voltando do Hospital, após irmã ter se sentido muito mal e toda preocupação do meu pai, Deus estava ali pintando uma cena sublime para nos dizer que Ele pode todas as coisas. Sinto que precisamos estar com o coração sensível para senti-lO e perceber tudo aquilo que Ele, de forma sutil, prepara para nós. Muitas vezes, permitimos que as luzes da cidade ofusquem o brilho e a grandiosidade do que Jesus preparou para nós, ficamos dispersos, cheios de urgências. Ele não age em meio aos holofotes, prefere a simplicidade. Esquecemo-nos de apreciar a natureza e os rastros de amor dEle. Andamos tão apressados... Aonde vamos parar?

Por favor, apaguem as luzes, vamos ver o céu.



DE VOLTA

DE VOLTA

8.10.14





Ao olhar para trás, podemos ver os nossos antepassados no deserto à caminho da Terra Prometida. A jornada não foi fácil, mas O Criador estava com Eles o tempo todo. Em determinado momento, quando Moisés estava no Monte Sinai, as pessoas simplesmente criaram um deus para adorá-lo. O que fizeram com Verdadeiro Deus que lhes mostrou proezas e proteção durante todo o trajeto? Simplesmente O esqueceram. (Êxodo 32)

Hoje, não muito diferente, também criamos novos deuses e altares particulares. Colocamos nossas habilidades e pontos fortes à frente do poder de Deus quando não somos humildes ao reconhecermos que por nós mesmos nada poderíamos fazer, quando nossas atividades diárias nos impedem de realizar um estudo bíblico pessoal e passar (mais) tempo realizando a Obra do Reino. Priorizamos riquezas, reconhecimentos e status, menos a Mensagem que nos foi confiada... Fazemos tudo, mas no fundo, não fazemos nada. É como se estivéssemos andando para trás, assim, a nossa visão acaba ficando cada vez mais distante do que, de fato, importa. Reajustemos o foco.

“Como é que vocês podem crer, se aceitam ser elogiados pelos outros e não tentam conseguir os elogios que o Único Deus pode dar?” João 5:44, Nova Tradução na Linguagem de Hoje

O nosso “eu” grita de uma forma tão ensurdecedora que acabamos bloqueando o som do Céu. O Senhor Jesus, assim como o Pai, nos tempos de Moisés, nos mostrou o caminho e a direção a ser seguida. Vez após vez,  provou que não estaríamos sozinhos, embora não possamos vê-lO com nossos olhos materiais, mas que Ele estaria com os olhos fixos em cada um de nós. (Mateus 28:20b) Em uma fração de segundos, conseguimos vendar os olhos da fé e nos endeusamos, colocamos a coroa sem valor algum e sentamos no trono de papel. Consegue ouvir os aplausos?

Precisamos, urgentemente, examinar como está a nossa vida espiritual. Vivemos em uma época bastante crítica e fazer parte de um teatro de um pseudo-cristianismo não é bom, isso não agrada a Deus. Somos servos, logo, precisamos agir como tais. Há muitos falsos deuses habitando próximo a cada um de nós e permanecemos apáticos a isso. Orgulho, egoísmo, ganância, síndrome do “olha eu aqui” e tantas outras coisas que nos afastam do caminho a ser trilhado. Que caiam as máscaras, mas que antes, haja arrependimento profundo. Somos como um vale de ossos secos. Exteriormente, aparentamos algo bom, sadio, porém, no nosso íntimo há um vazio sem fim. A nossa voz e-e-c-c-o-o-a-a.

Que sintamos vontade de voltar à vida verdadeira que tínhamos (e temos) em Cristo. Sem shows de “talentos” e exibicionismos. O nosso foco precisa ser um só: o Reino. Afinal, foi sobre isso que Jesus anunciava quando esteve aqui na Terra. Recebemos uma Graça tão graciosa que seria até um desperdício vivermos contra tudo aquilo que ela nos oferece através do ato sacrificial. Demonstrar que acreditamos em Deus e obedecer a voz dEle é uma forma muito bonita de dizer: “Não há outro além de Ti.” Em uma época de ilusões, manter-se firme na fé é de extremo valor. Em meio ao caos, silencie a sua voz e diga para Jeová: “Continuo aqui para Te servir da maneira que Tu quiseres.”

Recebemos a tarefa de fazer novos discípulos, não de criarmos ídolos e altares particulares. (Mateus 28:19)

TUM, TUM, TUM... ALÔ?!

6.10.14


Às vezes, pensamos que Deus é bastante ocupado e que não tem tempo para atender nossas orações. Similar a um chefe altamente competente e de difícil acesso. Talvez, Ele esteja muito envolvido com o problema de alguém que aparenta ser mais complicado e maior que o nosso. Hesitamos em manter contato para não incomodá-lO com nossos infortúnios. Você já vivenciou algo semelhante? 

"Sabes tudo o que eu faço e, de longe, conheces todos os meus pensamentos. Tu me vês quando estou trabalhando e quando estou descansando; Tu sabes tudo o que eu faço. Antes mesmo que eu fale, Tu já sabes o que vou dizer."*

Deus presta atenção em cada um de nós. Ele não é um ser mal humorado, que fica sentado dando ordens aos seus encarregados e que brinca com "marionetes". Muito pelo contrário. Apesar de haverem bilhões de pessoas no mundo, Ele consegue ver cada um em particular. Jeová conhece seus medos, dores, anseios, quantos fios de cabelo há em sua cabeça e até o seu DNA. Ele te conhece muito bem, mais até do que você pode, um dia, conseguir imaginar. Isso prova que Deus não nos vê como números, estatísticas ou status, mas como alguém único e especial que Ele criou para fazer parte do Seu propósito. 

"Estás em volta de mim, por todos os lados, e me proteges com o Teu poder. Eu não consigo entender como Tu me conheces tão bem; o Teu conhecimento é profundo demais para mim."* 

Quem ama cuida e quem cuida está sempre por perto. Embora não O vejamos com nossos olhos materiais, podemos senti-lO através da Sua Criação. Ele está em tudo que há de mais sincero e singelo. Todos os dias, aquarela o céu quando o Sol se põe para dizer que somos amados (embora não mereçamos 1% deste cuidado). Envia Anjos para cuidarem da nossa caminhada e não permitirem que venhamos cair e machucar os pés. Nos protegem por todos os lados. De fato, Ele não é um deus ausente. Leia Salmo 91:11-12, NTLH.

Se pedras do caminho te fazem pensar que seu problema é pequeno demais e que não tem nenhuma importância para Deus, reflita no quanto Ele já provou que você é muito especial. Seus problemas importam sim e suas dores também são sentidas por Ele. 

Há vários versículos no livro de Salmos em que Davi afirmou que ele clamou e Deus o ouviu lá do Alto Céu. Davi também teve as suas (grandes) falhas e achou-se indigno do zelo proveniente do Criador. Ele arrependeu-se verdadeiramente e não encobriu os seus pecados, unicamente os confessou. Se o seu coração dói, chame-O. Não pense que você é inferior a alguém, lembre-se que Deus nos vê tais como somos: únicos.

Portanto, não hesite em chamá-lO. “Nosso Criador pode ouvir até mesmo orações silenciosas. (1 Samuel 1:12, 13).” Leia Tiago 4:4, 8. Achegar-se a Deus é muito importante. Ele pode protegê-lo, ajudá-lo a crescer espiritualmente e lhe oferecer forças para vencer e enfrentar situações adversas. Por meio do Senhor Jesus, temos livre acesso ao Trono, através dEle, podemos ter novamente uma relação íntima com o Pai. Desfrute desta maravilhosa Graça. Em meio há bilhões de pessoas no mundo, Ele consegue ver o seu íntimo... 

Deus diz: “Eu salvarei aqueles que Me amam e protegerei os que reconhecem que Eu Sou Deus, o SENHOR. Quando eles Me chamarem, Eu responderei e Estarei com eles nas horas de aflição. Eu os livrarei e farei com que sejam respeitados." (Salmo 91:14-15, NTLH)

Por mais que não tenhamos mais créditos ou, aparentemente, não conseguimos avistar nenhum orelhão por perto, o telefone de Deus nunca estará ocupado, fora da área de cobertura ou com a bateria fraca. Você pode ligar a qualquer momento: pela manhã, tarde, noite, madrugada (ou até agora). Chame, Ele vai te atender. "Tum, tum, tum... Alô?!"


Baixe o wallpaper de Outubro e use em seu computador, celular e/ou tablet: Dropbox

* As citações foram retiradas do Salmo 139 (NTLH - Nova Tradução na Linguagem de Hoje) e a ilustração foi feita por mim.

© Temporada das Flores • Theme by Maira G.