9/13/2014

UMA NOVA SINFONIA


Em 2012 a minha irmã começou a receber aulas particulares de violão. Sempre achei instrumentos de cordas de uma sensibilidade desmedida. Se tocados por mãos que treinadas, eles produzem sons maravilhosos e despertam sentimentos distintos. Fico imaginando Davi com toda a sua devoção e licença poética tocando e cantando para o SENHOR...

Qual será o som do seu coração? Às vezes, as nossas cordas estão desafinadas e até mesmo em estado crítico pela má conservação ou pelos tombos da vida. Mas, ainda assim, as mesmas mãos que criaram o mundo, afinam as cordas e criam uma doce melodia de amor. O instrumento pode estar "caindo aos pedaços", mas, jamais será jogado fora. Em "Sinfonia", da Joyce Zanardi, há uma frase linda que diz assim:

"Ele tira som da minha vida, afina as cordas, cria uma nova melodia. Meu Criador, meu Redentor, da minha dor compõe uma nova sinfonia."

Talvez o som que sai do seu coração esteja um pouco fora do compasso ou em um ritmo que em nada te agrada. Mas não fique triste, há esperança para você. A voz do seu Salvador é suave e Ele sussurra em seus ouvidos que te ama e que não desistirá de você. As próprias mãos que criaram o mundo são as mesmas que foram pregadas no madeiro e que te sustentam. Se a música não está te agradando, mantenha a calma, é uma questão de tempo para que uma nova melodia seja entoada.

Entregue as partituras para Aquele que entende, confie em Sua maestria e contribua diariamente para não cair o tom. Ainda assim, se vier a cair, não tenha medo, Ele afinará e tirará uma nota bonita.


"As ondas vem e vão / O vento a soprar / Trazendo o som do mar / A chuva a cair / O som que faz ninar / Me faz querer sonhar / E qual será o som / Que sai de mim, Senhor, o som do meu coração? / Será que seria bom / Me unir a criação / Em um concerto / Uma só canção? / Um instrumento eu sou / Desafinado estou / E hoje nem cordas me restou / Mas o Dono do louvor / Maestro, Criador / Faz de mim a melodia do amor […] / Mesmo se o som da minha vida / Às vezes tão ferida / Cair de tom / Saiba, Pai, que a cada frase escrita / A nota mais bonita será a Tua mão.” (Deise Jacinto)


(foto: zibi t)

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Temporada das Flores
Maira Gall