SLIDER

CORDAS, NOTAS E SERENIDADE

CORDAS, NOTAS E SERENIDADE

25.8.14


Quando mencionamos o clássico, geralmente, tendem a visualizar um quadro limitado onde há apenas o Beethoven, Mozart, Frederic Chopin, entre outros. Bem, se você conhece apenas esses, quero te apresentar outros, inclusive, da nossa geração, que transmitem a verdadeira essência da música. Aliás, você curte este gênero musical?

Eu não sei tocar nenhum instrumento musical, se eu pudesse escolher e tivesse a oportunidade de aprender, adoraria dominar o violino, piano, banjo e harpa, ufa! Eles emitem um som muito bonito e, de certa forma, tocante (não sei se esta é a palavra mais adequada para descrevê-los). Acredito que toda arte precisa tocar no nosso íntimo e ser sentida. Com a música não poderia ser diferente. 

Neste fim de semana, para a minha (imensa) alegria, descobri uma porção de canções clássicas e instrumentais que eu não conhecia. "Itasca" do Paul Spring e "Ookpik Waltz" interpretada por Chris Thile e Michael Daves foram as duas que encontraram um espaço bem especial em meu coração. Elas me cativaram de uma forma tão serena, bonita e intensa que eu gostaria de ouvi-las em modo "eterno-repeat", mas, ao mesmo tempo, não quero "cansá-las". Pois, sempre que eu for dar play, quero sentir a mesma sensação que senti quando as ouvi pela primeira.

  
Criei uma playlist no Spotify (quero agradecer ao meu querido amigo Anderson Olli por ter me apresentando o app) para compartilhar com vocês canções lindas, leves e especiais. Elas não apresentam nenhuma palavra e não há alguém emitindo voz alguma, mas, ainda assim, elas não deixam de ser lindas poesias, sentimentos e mensagens bonitas. Talvez gostem de ouvi-las quando estiverem lendo, antes de dormirem ou até em outro momento próprio (só seu, sabe?). Espero que elas toquem vocês na mesma intensidade que me tocaram. (Cliquem aqui para ouvir). Um detalhe importante: é necessário ter uma conta para ter acesso a playlist. Podem optar por inscrever-sem com o Facebook ou endereço do e-mail.

Ah, sempre me enviam mensagens perguntando se é errado um cristão ouvir outros gêneros musicais. Música é igual alimento: se for ruim e de péssima qualidade, pode estragar e dar uma baita dor de barriga. Talvez este post seja útil para quem tem esta dúvida.

Vocês gostaram de alguma música? Ficarei feliz em saber. Pretendo fazer mais posts assim.

SATISFAZER A SEDE DE AMIZADES

23.8.14


  “Solidão não é doença”, declara o livro In Search of Intimacy. “É uma sede saudável [...], um sinal natural de que estamos precisando de companheirismo.” Assim como a sede nos leva a beber água refrescante, os sentimentos de solidão devem nos mover a procurar boas amizades.

  Mesmo assim, segundo as observações da francesa Yaël, “alguns evitam qualquer tipo de contato com pessoas”. Mas optar pelo isolamento, seja qual for o motivo, não resolve nada e ainda nos faz sentir mais solitários do que nunca. Um provérbio bíblico diz: “Quem se isola procurará o seu próprio desejo egoísta; estourará contra toda a sabedoria prática.” (Provérbios 18:1) Portanto, é necessário primeiro reconhecer que precisamos de amigos para então agir.

ATITUDES PRÁTICAS NA BUSCA DE AMIZADES
  Em vez de ter dó de si mesmo ou até invejar aqueles que parecem ter mais ou melhores amigos, por que você não adota uma atitude positiva, assim como fez a italiana Manuela? Ela comenta: “Especialmente na adolescência sentia que estava sendo ignorada. Para superar essa fase, analisei pessoas que tinham boas amizades. Daí, tentei desenvolver as boas qualidades dessas pessoas para me tornar alguém mais agradável.”

DEUS FAZ UM CONVITE A VOCÊ

22.8.14


“Ninguém pode vir a Mim, a menos que o Pai, que Me enviou, o atraia.” — João 6:44.
POR QUE ALGUNS DUVIDAM DISSO: Muitas pessoas que acreditam em Deus se sentem distantes dEle. Christina, uma mulher na Irlanda que ia à igreja toda semana, admite: “Eu O via apenas como o Deus que criou tudo, mas eu não O conhecia. Nunca me senti próxima dEle.”

O QUE A PALAVRA DE DEUS ENSINA: Mesmo que nos sintamos desamparados, isso não significa que Jeová nos abandonou. Jesus ilustrou o cuidado de Deus da seguinte maneira: “Se um certo homem vem a ter cem ovelhas e uma delas se perder, não deixará ele as noventa e nove sobre os montes e irá à procura daquela que se perdeu?” O que aprendemos disso? “Do mesmo modo, não é algo desejável para meu Pai, que está no céu, que pereça um destes pequenos.” — Mateus 18:12-14.

  Cada “um destes pequenos” é importante para Deus. Como Deus ‘procura aquele que se perdeu’? De acordo com o texto citado no início deste artigo, Jeová atrai as pessoas a Ele.

DEUS PODE CONSOLAR VOCÊ

21.8.14










"Porém Deus, que anima os desanimados, nos animou." — 2 Coríntios 7:6a, NTLH.*
POR QUE ALGUNS DUVIDAM DISSO: Mesmo quando precisam de consolo, algumas pessoas acham que seria egoísmo pedir a ajuda de Deus para lidar com seus problemas. Uma mulher chamada Raquel diz: “Quando penso nos graves problemas que muitas pessoas enfrentam, minhas preocupações parecem tão insignificantes que não tenho coragem de pedir a ajuda de Deus.”

O QUE A PALAVRA DE DEUS ENSINA: Deus já fez coisas notáveis para ajudar e consolar os humanos. Todos os humanos têm pecado — uma falha herdada que nos impede de cumprir os requisitos de Deus com perfeição. No entanto, Deus “nos amou e enviou Seu Filho [Jesus Cristo] como sacrifício propiciatório pelos nossos pecados”. (1 João 4:10) Por meio da morte sacrificial de Jesus, Deus torna possível que tenhamos o perdão de nossos pecados, uma consciência limpa e a esperança de vida eterna num novo mundo pacífico.*

  Mas será que esse sacrifício foi apenas uma demonstração do interesse de Deus na humanidade em geral, ou Ele também está interessado em você pessoalmente?

DEUS CONHECE VOCÊ

20.8.14


"SENHOR, Tu me sondas e me conheces." Salmo 139:1, Nova Versão Internacional
POR QUE ALGUNS DUVIDAM DISSO: Muitas pessoas acham que Deus vê os humanos apenas como pecadores — impuros e indignos de Sua atenção. Kendra, que teve depressão, se sentia culpada por não conseguir cumprir perfeitamente os requisitos de Deus. Por isso, ela parou de orar.

O QUE A PALAVRA DE DEUS ENSINA: Jeová vê além de suas imperfeições e realmente entende você. “Ele mesmo conhece bem a nossa formação”, diz a Bíblia, “lembra-se de que somos pó”. Além disso, Ele não nos trata “segundo os nossos pecados”, mas por misericórdia nos perdoa quando nos arrependemos. — Salmo 103:10, 14.

DEUS SE PREOCUPA COM VOCÊ

19.8.14


"Pois Ele sabe tudo o que fazemos e vê todos os passos que damos." — Jó 34:21
POR QUE ALGUNS DUVIDAM DISSO: Uma pesquisa recente revelou que, apenas em nossa galáxia, pode haver pelo menos cem bilhões de planetas. Levando em conta a imensidão do Universo, muitas pessoas se perguntam: ‘Por que o Criador Todo-Poderoso prestaria atenção ao que simples humanos fazem num planeta tão pequeno?’

O QUE A PALAVRA DE DEUS ENSINA: Não devemos achar que, depois de nos dar a Bíblia, Deus tenha se esquecido de nós. Ele nos garante: “Vou dar conselho com o meu olho fixo em ti.” — Salmo 32:8.

  Veja o que aconteceu com Agar, uma escrava egípcia do século 20 AEC. Por demonstrar falta de respeito por sua senhora, Sarai, Agar foi humilhada e acabou fugindo para o deserto. Será que Deus desprezou Agar por causa de seus erros? A Bíblia diz que o anjo de Jeová encontrou Agar e a fortaleceu. O anjo disse a ela que Jeová tinha ouvido seus clamores. (Gênesis 16:4-12) Agar então disse a Jeová: “Tu És o Deus que me vê.” — Gênesis 16:13, Nova Versão Internacional.

DEUS PRESTA ATENÇÃO EM VOCÊ?

18.8.14


"Eu estou atribulado e sou pobre. O próprio Jeová me considera."* — Davi de Israel, Século 11 Antes da Era Comum.
  Davi estava certo em acreditar que Deus tinha consideração por ele? Será que o Deus Todo-Poderoso presta atenção em você? Muitas pessoas acham difícil acreditar nisso. Por quê?

  Um dos motivos é que Deus é muito superior aos humanos. Para Ele, nações inteiras “são como uma gota dum balde; e foram consideradas como a camada fina de pó na balança”. (Isaías 40:15) Um jornalista cético chegou a ponto de dizer que “é absurdo acreditar que há um Deus interessado no que você faz”.
"Para O SENHOR, todas as nações do mundo são como uma gota de água num balde, como um grão de poeira na balança; Ele carrega as ilhas distantes como se fossem um grão de areia." Isaías 40:15, Nova Tradução na Linguagem de Hoje.

DIANTE DE DEUS NÃO HÁ SEGREDOS

11.8.14




  "Alguns tendem a ficar tão abatidos por causa de falhas do passado que se sentem indignos aos olhos de Deus. Talvez achem que não merecem a misericórdia de Deus por terem cometido erros graves ou pecado com muita frequência. Mas o fato é que, independentemente do que tenham feito no passado, eles podem se arrepender, mudar de proceder e pedir perdão. (Atos 3:19)"


  A letra desta canção foi inspirada no Salmo 51, onde Davi despiu-se da sua “capa pecadora” e humilhou-se diante de Deus, implorando o Seu perdão após ter cometido um grande erro com Bate-Seba.

  Muitas vezes tentamos maquiar os nossos pecados para as pessoas e vestimos um escudo de que está tudo bem e que não temos nenhuma mancha que nos acuse de algo. (Tiago 5:16) Mas, diante de Deus, não há segredos. As pessoas podem não conhecer quem realmente você é, no íntimo, mas não há como esconder isso de Quem criou você. O Salmo 139 fala a respeito de um Deus que vê e sonda o nosso coração. Os olhos dEle estão por toda a parte.

AJUDA DO "DEUS DE CONSOLO"

7.8.14

  O rei Davi passou por situações de grande angústia e teve muitos “pensamentos inquietantes”. Contudo, ele nunca duvidou que o Criador nos compreende em todos os sentidos. Ele escreveu: “Ó Jeová, Tu me esquadrinhaste e me conheces. Tu mesmo chegaste a conhecer meu assentar e meu levantar. De longe consideraste meu pensamento. Pois não há palavra na minha língua, mas eis que Tu, ó Jeová, já sabes de tudo.” — Salmo 139:1, 2, 4, 23.
  Nós também podemos ter certeza de que o Criador compreende nossa situação e os efeitos debilitantes que a depressão pode causar em nossa mente e corpo imperfeitos. Ele sabe o que causa a depressão e qual é a melhor maneira de lidar com ela nas circunstâncias atuais. Além disso, revelou como vai acabar com a depressão para sempre. Ninguém está em melhores condições de nos ajudar do que nosso compassivo “Deus, que conforta, consola e anima os deprimidos”. — 2 Coríntios 7:6, The Amplified Bible.

  Mas quando a pessoa está numa crise de depressão talvez se faça as seguintes perguntas:

SERÁ QUE DEUS É ACESSÍVEL AOS DEPRIMIDOS?
  Deus está tão próximo de Seus servos deprimidos que é como se Ele residisse com “o quebrantado e o humilde no espírito, para reavivar o espírito dos humildes e para reavivar o coração dos que estão sendo esmigalhados”. (Isaías 57:15) É muito consolador saber que ‘Jeová está perto dos que têm coração quebrantado e salva os que têm espírito esmagado’. — Salmo 34:18.

COMO POSSO SER CONSOLADO POR DEUS?
  A qualquer hora, os servos de Deus têm acesso ao “Ouvinte de oração”, que pode nos ajudar a lidar com circunstâncias e sentimentos aflitivos. (Salmo 65:2) A Bíblia nos incentiva a dizer-Lhe o que temos no coração: “Não estejais ansiosos de coisa alguma, mas em tudo, por oração e súplica, junto com agradecimento, fazei conhecer as vossas petições a Deus; e a paz de Deus, que excede todo pensamento, guardará os vossos corações e as vossas faculdades mentais por meio de Cristo Jesus.” — Filipenses 4:6, 7.

E SE, POR CAUSA DE SENTIMENTOS DE INUTILIDADE, EU ACHAR QUE MINHAS ORAÇÕES NÃO SÃO OUVIDAS?
  A depressão pode nos levar à conclusão de que os esforços que fazemos para agradar a Deus não são aceitáveis. No entanto, nosso Pai celestial é sensível à nossa fraqueza emocional, pois “lembra-se de que somos pó”. (Salmo 103:14) Mesmo que ‘o nosso coração nos condene’, podemos ‘persuadi-lo’ de que ‘Deus é maior do que o nosso coração e sabe todas as coisas’. (1 João 3:19, 20) Assim, você pode usar em suas orações expressões que encontrou em passagens bíblicas como o Salmo 9:9, 10; 10:12, 14, 17; e 25:17.

COMO VOCÊ PODE SE ACHEGAR A DEUS?

COMO VOCÊ PODE SE ACHEGAR A DEUS?

5.8.14

1. DEUS OUVE TODAS AS ORAÇÕES?
  Deus convida pessoas a se achegarem a Ele em oração. (Salmo 65:2) Mas Ele não ouve, ou aceita, todas as orações. Por exemplo, as orações de um homem que maltrata sua esposa dificilmente serão ouvidas. (1 Pedro 3:7) Quando os israelitas persistiram em fazer o que era mau, Deus também não ouvia as suas orações. No entanto, Deus aceitará as orações até de uma pessoa que cometeu um pecado grave, desde que ela se arrependa. Fica claro que a oração é um privilégio. Leia Isaías 1:15; 55:7.

2. COMO DEVEMOS ORAR?
  A oração faz parte de nossa adoração. Por isso, devemos orar somente ao nosso Criador, Jeová. (Mateus 4:10; 6:9) Além disso, por sermos imperfeitos, devemos orar no nome de Jesus, pois Ele morreu pelos nossos pecados. (João 14:6) Jeová não deseja que oremos a Ele repetindo as palavras memorizadas ou escritas. Ele quer que oremos de coração. Leia Mateus 6:7; Filipenses 4:6, 7.
  Nosso Criador pode ouvir até mesmo orações silenciosas. (1 Samuel 1:12, 13) Ele nos convida a orar em todas as ocasiões como, por exemplo, no começo e no fim do dia, às refeições e quando enfrentamos problemas. Leia Salmo 55:22; Mateus 15:36.

DEIXE IR

2.8.14

Estamos vivendo na era do fest-food, e-mails e na "velocidade da luz". Tudo é para ontem, a nossa paciência é curta e nos ofendemos por pequenas coisas irrelevantes. Ontem, antes de dormir, sentei na minha cama e li o texto diário. A mensagem era justamente sobre dois fatores importantes e escassos: calma e serenidade. 

"Não te precipites no teu espírito em ficar ofendido, pois ficar ofendido é o que descansa no seio dos estúpidos." — Eclesiastes 7:9.

"Existem muitas situações na vida que provocam reações negativas. Suponha, por exemplo, que você está dirigindo e outro carro quase bate no seu. Como reagirá? Você já leu a respeito de casos de fúria no trânsito, em que alguém fica tão bravo que agride o outro motorista. Mas, como cristão, você com certeza não deseja fazer algo desse tipo. Seria melhor dar um tempo para analisar a situação. Talvez você tenha alguma culpa no acontecido por ter sido um tanto distraído. Ou o outro motorista pode ter tido um problema mecânico no carro dele. Desse exemplo podemos aprender que é possível diminuir a raiva, o desapontamento e outras emoções negativas se tivermos compreensão, mente aberta e disposição de perdoar. Não leve para o lado pessoal. Muitas vezes o que parece ser uma ofensa pessoal intencional não é nada disso, é apenas fruto da imperfeição ou um mal-entendido. Tente manter a mente aberta no que diz respeito a atos ou palavras que pareçam rudes e esteja disposto a perdoar por amor. Se você conseguir fazer isso, será mais feliz. — Leia 1 Pedro 4:8."

Por vezes, agimos estupidamente com coisas que  poderíamos descartar e jogar o filtro no lixo (como fazemos com o café). Assim, agiríamos como pessoas maduras, principalmente na fé, dominando as nossas emoções. Nunca devemos nos esquecer que em nosso lugar Jesus manteria a postura e agiria de forma totalmente oposta a nossa, como fez inúmeras vezes. Gálatas 5, a partir do versículo 16, nos diz: "Mas o Espírito de Deus produz o amor, a alegria, a paz, a paciência, a delicadeza, a bondade, a fidelidade, a humildade e o domínio próprio. E contra essas coisas não existe lei. Que o Espírito de Deus, que nos deu a vida, controle também a nossa vida! Nós não devemos ser orgulhosos, nem provocar ninguém, nem ter inveja uns dos outros." Deus não costuma ficar ofendido conosco quando agimos de forma tola. Pelo contrário, Ele mantêm-Se sereno e tranquilo. Ele sabe das nossas falhas e fraquezas e, ainda assim, nos ama, pois Ele é compreensivo e está acima de quaisquer sentimentos.

“SENHOR, SENHOR, Deus compassivo e misericordioso, paciente, cheio de amor e de fidelidade, que mantém o Seu amor a milhares e perdoa a maldade, a rebelião e o pecado." Exôdo 34:6 e 7 (na íntegra), Nova Versão Internacional.



Um dia, sabiamente Cora Coralina (uma das minhas escritoras favoritas) escreveu: "Fechei os olhos e pedi um favor ao vento: Leve tudo que for desnecessário. Ando cansado de bagagens pesadas. Daqui para frente apenas o que couber no bolso e no coração."

Existem sentimentos que pesam e nos fazem mal, devemos deixá-los ir embora, alçar voo para algum lugar distante. É tão aliviador retirar uma mochila pesada das costas, não é? É como respirar fundo e soltar o ar aos pouquinhos. E é assim que necessitamos ser: leves feito pétalas, nuvens branquinhas e algodão doce. Sozinhos, nada poderemos fazer, mas com a ajuda dEle, conseguiremos viver pelo Espírito, não pela (imperfeita) natureza humana. Às vezes, é legal rever o que está atrapalhando a nossa caminhada. Faz parte do roteiro encontrar pedrinhas, mas é você quem decide o deve fazer com elas: colocá-las na mochila ou arremessá-las bem distante.

© Temporada das Flores • Theme by Maira G.