3/27/2014

LIMPE O PALCO DA SUA VIDA



Você gostaria que todos o reconhecessem enquanto você caminha pelo Shopping ou simplesmente vai até a padaria? Você gostaria que todos o apontassem como "alguém modelo" ou lhe aplaudissem quando você dissesse palavras bonitas? Você gostaria que seu nome fosse reconhecido e ter milhares de seguidores em suas redes sociais? Estas são perguntas retóricas. A resposta é unânime.

A vaidade da vida faz com que queiramos ser arranha-céu enquanto ainda nem somos um projeto a ser elaborado por um arquiteto. Queremos holofotes, fama, prazeres... Isso faz parte da atmosfera do estrelismo que há no mundo, neste governo espiritual mal formado (1 João 5:19).
 
Sabe, não adianta querer estar no topo se Deus não reflete em você. Não adianta receber os elogios que não eram para serem seus. Não adianta querer receber os aplausos que não pertencem a você. Precisamos diariamente nos reduzir ao pó, lembrarmos de quem somos, de onde viemos e para onde estamos indo. E estas perguntas listadas acima servem tanto para os cristãos como para os não-cristãos. Andar na Igreja, dizer que serve ao Deus Verdadeiro e viver em vaidade é contraditório. Pertencer a Deus é andar de pés descalços, é estar de mãos vazias e com um coração totalmente entregue a Ele.

Infelizmente a "mídia" pode estragar algo que era para ser puro: o seu relacionamento com Deus. Quanto mais você (cristão) se julga ser melhor que os seus irmãos e a ter direitos e bônus que os outros não têm, mais distante você vai ficando do que de fato a palavra "cristão" significa. 
 
Quem ou o que tem sido o centro da sua vida? Quem ou o que tem reinando em seu tempo? Quem ou o que as pessoas enxergam quando olham para você? Quem ou o que você quer ser e pertencer? Renunciar não é fácil, não é mais uma palavra bonita. Muitas coisas estão em questão e, entre isso, há dor, choro, perdas... Escolhas.
 
Jesus É o perfeito exemplo a ser seguido. Ele tinha toda a glória, todo o poder e ainda assim abriu mão de tudo para obedecer e cumprir o propósito do Pai, Jeová Deus. Quando Ele esteve aqui no mundo não buscou aplausos para Ele, mas para O Pai. Quando Ele curava, não dizia que fazia em Seus próprio Nome, mas no Nome de Deus. A humildade do Senhor Jesus precisa ser a nossa inspiração diariamente.

"Não façam nada por interesse pessoal ou por desejos tolos de receber elogios; mas sejam humildes e considerem os outros superiores a vocês mesmos. Que ninguém procure somente os seus próprios interesses, mas também os dos outros. Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha: Ele tinha a natureza de Deus, mas não tentou ficar igual a Deus. Pelo contrário, Ele abriu mão de tudo o que era Seu e tomou a natureza de Servo, tornando-se assim igual aos seres humanos. E, vivendo a vida comum de um ser humano, Ele foi humilde e obedeceu a Deus até a morte — morte de cruz. Por isso Deus deu a Jesus a mais alta honra e pôs nEle o nome que é o mais importante de todos os nomes, para que, em homenagem ao nome de Jesus, todas as criaturas no céu, na terra e no mundo dos mortos, caiam de joelhos 
e declarem abertamente que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus, o Pai."

Sabe, receber carinho das pessoas é muito bom, muito mesmo. Mas não faz sentido se as pessoas olharem para você e não conseguirem ver Deus ou se quando olharem para você, elas vejam Deus em segundo plano. Quando assumimos o papel de servos, devemos agir como servos. Isso não significa que devemos viver como humilhados, fracassados ou perdedores. Muito pelo contrário. Observe que Deus É O Senhor. Ele É o amor em Ser. Quem somos nós além de servos e filhos? O aluno não é mais importante que o professor e ainda assim este aluno tem o seu valor. Quando passarmos a entender que trata-se de Deus e não de nós e quando limparmos o palco da nossa vida, tudo fará sentido. Estamos anunciando a Cristo, logo, Ele precisa estar à frente de tudo. Jesus nos chamou para anunciarmos o Evangelho dEle. (Marcos 16:15)
 
Reajuste a sua vida, saia da frente do palco e volte para trás das cortinas. A sua glória chegará sim, mas não desse jeito. A glória que nos espera será muito maior e melhor, será eterna. Os prazeres deste mundo são passageiros, o que nos espera não tem compromisso com o tempo.
 
Decidi abrir mão de muita coisa e voltar para atrás das cortinas, onde um dia Deus me chamou. A glória é dEle, a honra pertence a Ele. É tudo dEle e trata-se dEle. 
 
E você, aceita vir comigo? Tem lugar para mais um (dois, três... Todos vocês!). Saiba que quando vamos até O Senhor Jesus, precisamos ir de mãos vazias, com um coração aberto e disposto a obedecê-lO.


"Limpe o palco, ajuste o som e os holofotes
Se essa é a medida que você deve tomar para acabar com os ídolos
Remova os bancos e todas as decorações também
Até que aos poucos a congregação tenha avivamento
Diga a seus amigos que é aqui onde a festa termina
Até que você esteja arrependido por seus pecados, você não poderá ser social.
Então busque O Senhor e espere por aquilo que Ele tem disponível
E saiba que é grande a Sua recompensa, então, apenas seja esperançoso.

Porque você pode cantar tudo que quiser
Sim, você pode cantar tudo que quiser
Você pode cantar tudo que quiser
E ainda assim errar: Adoração é mais que uma canção.

Faça uma pausa de todos os planos que você fez
E fique em casa sozinho esperando Deus sussurrar
Implore a Ele, por favor, para abrir a boca e falar
E ore de joelhos com sinceridade, até criarem calos.
Deixe brilhar a luz em cada canto da sua vida
Até que o orgulho, luxúria e mentiras sejam descobertos
Então leia a Palavra e ponha à prova o que você ouviu
Até que o seu coração e alma estejam agitados, abalados e quebrantados.

Não devemos adorar algo que não valha a pena
Limpe o palco, abra espaço para Aquele que merece."


Sem nada nas mãos, brilhos ou holofotes. 
Com amor, Malena Flores.
© Temporada das Flores
Maira Gall