2/23/2013

NAMORO É UM CAMINHO

  Aprenda a colocar o namoro na ordem correta de prioridade em sua vida para não atrapalhar sua intimidade com Deus.

  Na semana passada, o Pr. Lucinho Barreto, ao pregar no Culto da Mocidade, falou algo que considero precioso e sempre defendi: “Não devemos viver em função de um namoro, de um parceiro.” Quando colocamos o namoro como essencial para a vida, nos perdemos e deixamos de priorizar Jesus. O namoro é um caminho; portanto, apenas um pequeno trecho de toda a nossa história.
  “Estas três coisas me maravilham; e quatro há que não conheço: O caminho da águia no ar; o caminho da cobra na penha; o caminho do navio no meio do mar; e o caminho do homem com uma virgem.” (Provérbios 30:18-19) 
  Esse texto de Salomão trata o namoro como um caminho, observe que ele compara o caminho de um rapaz com uma moça a três outros caminhos. Mas o que esses caminhos têm em comum? O fato de não deixarem rastros. Quando a águia corta o céu não deixa rastro, quando a cobra passa por cima de uma pedra não deixa rastro e quando um navio cruza o mar, também não deixa. Um rapaz ao andar com uma moça que ainda não é sua esposa, da mesma maneira, não deve deixar rastro.
  O namoro é o caminho que levará ao casamento; portanto, não é o espaço para defraudação ou intimidade. A única marca que devemos deixar nesse período é a marca de Cristo, a santidade e a pureza de coração.
  Caminhos existem vários, podemos ir para o fundo do poço, nos perdermos e caminharmos na direção do precipício, mas o sonho de Deus para nossa vida afetiva emocional é que trilhemos o melhor caminho, que é o caminho do verdadeiro amor. Quando Paulo fala sobre o verdadeiro amor, em 1 Coríntios 13, antes ele diz: “Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente." - 1 Coríntios 12:31. Busque viver esse caminho antes, durante e depois de seu namoro.

Por Pr. Richarde Guerra
Fonte: Lagoinha.com

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Temporada das Flores
Maira Gall