4/03/2012

SUA GRANDEZA


12Quem mediu com o seu punho as águas, e tomou a medida dos céus aos palmos, e recolheu numa medida o pó da terra, e pesou os montes e os outeiros em balanças? 13 Quem guiou o Espírito do Senhor? e que conselheiro o ensinou? 14 Com quem tomou conselho, para que desse entendimento, e lhe mostrasse as veredas do juízo e lhe ensinasse sabedoria, e lhe fizesse notório o caminho da ciência? 15 Eis que as nações são consideradas por ele como a gota de um balde, e como o pó miúdo das balanças: eis que lança por aí as ilhas como a uma coisa pequeníssima. 16 Nem todo o Líbano basta para o fogo, nem os seus animais bastam para holocaustos. 17 Todas as nações são como nada perante ele; ele considera-as menos do que nada, e como uma coisa vã. 18 A quem, pois, fareis semelhante a Deus? Ou com que o comparareis? 19 O artífice grava a imagem, e o ourives a cobre de ouro, e cadeias de prata funde para ela. 20 O empobrecido, que não pode oferecer tanto, escolhe madeira que não se corrompe: artífice sábio busca, para gravar uma imagem que se não pode mover. 21 Porventura não sabeis? porventura não ouvis? ou desde o princípio se vos não notificou isto mesmo? ou não atentastes para os fundamentos da terra? 22 Ele é o que está assentado sobre o globo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos: ele é o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda para neles habitar: 23 O que faz voltar ao nada os príncipes, e torna coisa vã os juízes da terra.
 24 E não se plantam, nem se semeiam, nem se arraiga na terra o seu tronco cortado; sopra sobre eles e secam-se, e um tufão como pragana os levará. 25 A quem, pois, me fareis semelhante, para que lhe seja semelhante? diz o Santo. 26 Levantai ao alto os vossos olhos, e vede quem criou estas coisas, quem produz por conta o seu exército, quem a todas chama pelos seus nomes; por causa da grandeza das suas forças, e pela fortaleza do seu poder, nenhuma faltará. 27 Porque, pois, dizes, ó Jacob, e tu falas, ó Israel: O meu caminho está encoberto ao Senhor, e o meu juízo passa de largo pelo meu Deus? 28 Não sabes, não ouviste, que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? não há esquadrinhação do seu entendimento. 29 Dá esforço ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. - Isaías 40:12 a 29  - Almeida Revista e Corrigida (Portugal)


Nenhum comentário

Postar um comentário

© Temporada das Flores
Maira Gall