6/19/2011

O que eu faço quando outra(o) garota(o) paquerar meu (minha) namorado(a)?


Leitura em: 1 Coríntios 13:4-5

  Certa vez, uma mãe sábia disse: “Quando outras (os) garotas (os) também acham que o seu (a sua) namorado (a) é muito legal, receba isso como um elogio.”
  Seja confiante o suficiente para reconhecer o bom gosto delas (deles). Se o seu relacionamento tem a ver com amor, então, o ciúme não pode fazer parte dele. Paulo passa todo esse capítulo definindo o amor. Ele é claro ao apontar que o amor verdadeiro não é ciumento e possessivo. Amor tem a ver com o servir, com o desprendimento, com o cuidado. O orgulho e o ciúme são coisas de insegurança. Tenha fé em Jesus. Ele vai trazer o companheiro perfeito para você. Aprender a amar e a confiar em alguém significa que você não se preocupa com quem ele(a) conversa ou com quem está numa sala com ele(a). Se o(a) seu(sua) namorado(a) não é digno(a) de confiança, então, definitivamente, ele(a) não é a pessoa certa para você. Nem mesmo comece um relacionamento romântico com ele(a). Comece a fazer amizades, ao invés de namorar. Dessa maneira, você pode passar o seu tempo com pessoas diferentes até que encontre aquela que se encaixa com as suas crenças e valores, com quem você se diverte, aquela pessoa em que você confia completamente.
  As possibilidades de ter um namorado ou namorada vem e vão. Não entre nessa do “eu tenho de ter um(a) namorado(a)”. Comprometa-se a ter namoros puros e deixe Deus trazer aquele(a) que Ele escolheu para você. Quando realmente for amor, o ciúme vai ser derrotado e a confiança vencerá.


Leia também: 2 Coríntios 1.12; 2.7-8; Efésios 5.2

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Temporada das Flores
Maira Gall