4/30/2011

 

Não quero dar-Te as palavras como gotas, quero que saia um dilúvio de bênçãos da minha boca.
PG

Nenhum comentário

Postar um comentário

© Temporada das Flores
Maira Gall